sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

A arte de amar!


Eu já escrevi um texto parecido só que de maneira generalizada chamado “A arte de relacionar-se”. O enfoque aqui é mais específico e espero criar a necessária introspecção para o enriquecimento intelectual de todos.

Não que eu me sinta um “Hitch: Conselheiro amoroso”, mas minhas experiências (e com humildade digo que não são poucas) contribuíram para que eu hoje entende-se certos pontos vitais em um relacionamento amoroso.

Podemos começar com o básico: VOCÊ NÃO PODE AMAR ALGUÉM ANTES DE AMAR VOCÊ MESMO. Isso pode soar a primeira vista como egoísmo, mas não é! Se você olhar-se no espelho e não conseguir ver o quanto você é especial, você não verá especialidade em nada ao seu redor. Você pode até vivenciar um “fanatismo amoroso” por alguém, mas nada que se aproxime do real AMOR.

SEJA TRANSPARENTE ACERCA DE SEUS SENTIMENTOS. Isso eu estou aprendendo até hoje... De certa forma é difícil se abrir com alguém que você não tenha a devida convicção de seus sentimentos. Na realidade ninguém gosta de alguém exatamente igual à outra pessoa. A profundidade vai depender da disposição de cada um em “apostar” no relacionamento. Portanto ser transparente ajuda tanto a evitar futuro percalços, tanto a firmar base promissora.

NÃO CENTRALIZE A RELAÇÃO EM SUAS PERSPECTIVAS. É comum a gente vê pessoas que deixam grandes oportunidades passar por não entender sua função em um relacionamento. Você pode ter a pessoa mais apaixonada ao seu lado, mas esse amor não irá livrá-la das mazelas do seu dia-a-dia. O mundo não gira em torno de vocês e inevitavelmente vocês serão atingidos no meio do fogo cruzado. Procure olhar toda situação de forma abrangente sempre.

NÃO SEJA ORGULHOSO. Nossa! Como eu já pequei nisso! E com o passar do tempo você vê que o orgulho foi apenas a espada que você usou para retalhar as boas lembranças. Tanta gente vive com o orgulho debaixo do braço nos relacionamentos... E hoje entendo que o ORGULHO é subproduto do medo. Somos orgulhosos quando o medo de se machucar nos alcança. Construímos uma barreira de orgulho na intenção de nos proteger. Acabamos por bloquear não somente as lágrimas, mas também a alegria.

ANALÍSE SEU PARCEIRO E AJA DE ACORDO. Todos nós somos diferentes, e essas diferenças nos fazem especiais. A síndrome de Grabriela não tem fez... Queira você ou não, você está em constante mudança! A escolha que você tem que fazer é se você quer direcionar suas mudanças ou não. Isso não é se anular e sim agir com sabedoria.

SAIBA A DIFERENÇA ENTRE ZELO E CIÚME! Esse é um assunto complicado. Já fui durante criticado por não sentir ciúme em determinada situação. A desconfiança precede o ciúme, o cuidado precede zelo. A sutil diferença é vista na maneira como se trata as questões. Enquanto o ciúme é devastador e descontrolado, o zelo é prudente e racional.

NUNCA ATRIBUA A ALGUÉM A SUA FELICIDADE. Acho uma desonestidade imensa quando tentamos projetar em alguém nossa felicidade. Ser feliz é fruto do conjunto de nossas atitudes. Isso depende muito mais de você do que de alguém!

NÃO COLOQUE DESCULPAS NAS DIFERENÇAS. Muita gente usa esse discurso para respaldar sua incapacidade em manter uma relação. Fique feliz por ser diferente de seu parceiro, por pensar diferente e até agir diferente. São essas diferenças que irão ajustar seu relacionamento. Ninguém é idêntico a ninguém!

SAIBA A HORA DE SE CALAR. Quanta coisa eu já perdi por falar na hora errada e da maneira errada. O desejo incontrolável de acertar nos leva a dizer coisas idiotas e irracionais. Às vezes o silêncio faz bem a relação, saiba encontrar a medida exata.


BUSQUE A AJUDA DE DEUS EM TODO TEMPO. Como cristão preciso admitir que Deus é fundamental nessa história. Viver a dois não é fácil e requer empenho e disciplina. Eu ainda tenho muito que aprender e principalmente a exercitar. Considero-me um aprendiz na arte de amar... mas prossigo para meu alvo na certeza que Deus já preparou coisas que vão muito além da minha mente analítica.

Boa sorte a todos!
Rodrigo Aquino
24/02/2012

2 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Estive a ver algumas coisas em seu blog. Desejo deixar um convite, tenho um blog com o nome de Peregrino e Servo. Meu nome é Antonio Batalha sou portugues. Se desejar fazer parte, eu ficaria radiante em tê-la como minha amiga virtual, isto é, nao quero que se sinta coagida a faze-lo mas apenas se deseja. Se achar que nao merece a pena fico-lhe grato na mesma. Decerto irei retribuir seguindo o seu blog também. Um obrigado.

Vitor Emmanuell disse...

Olá, Boa noite.
Adorei seu blog e seus textos. Queria muito trocar figurinhas sobre nossos textos. Sou escritor de Arapiraca, Alagoas e se possível, gostaria de trocar redes sociais.
http://vemmanuellps.blogspot.com.br

Obrigado.