quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Eu estou aqui!

De manhã bem cedo, ao caminhar para academia vejo uma cena que prendeu minha atenção! Quando Deus quer falar com alguém, Ele faz de maneira precisa e inquestionável. Dez segundos de cena foi o suficiente para Deus me fazer refletir por horas...

A cena foi o seguinte: Um pai ensinando uma criança andar de bicicleta. Ele segurava no banco para dar equilíbrio e depois soltava. De vez em quando a bicicleta sambava de um lado para o outro, até o pai segurar novamente e dizer: “Olha para frente... Olha para frente!” A rosto do garotinho transparecia medo, mas a presença de seu pai o encorajava.

Deus me deu um estalo na alma e sussurrou:  Rodrigo, não se desespere! Olhe para frente, Eu estou aqui...

Isso me fez lembrar quando eu aprendi a andar de bicicleta. A minha vontade era grande, e o meu medo maior. Ninguém gosta da sensação de insegurança, da sensação de poder ir de cara ao chão e se quebrar todo. Todos querem sentir o vento no rosto, fazer curvas iradas e tudo aquilo que uma bicicleta pode proporcionar!  Embora tenha aprendido a andar de bicicleta com facilidade, venho tendo dificuldade para aprender a caminhar na vida.  Sem hipocrisia, às vezes “piro o cabeção” e me afasto de tudo que me faz lembrar Deus... mas Ele sempre dá um jeito de me dizer: “Eu estou aqui!” O medo de quebrar a cara tira de nós a convicção de que Deus está nos segurando, que não importa se você tem capacidade ou não. Não se trata de você e sim dEle...

E que saber... Nenhum Pai coloca um filho para aprender a andar de bicicleta se não houvesse possibilidade de triunfo. E de igual forma, Deus só te colocou aí onde você estar, pelo fato de saber que você pode até cair uma ou duas vezes, mas no fim você vai conseguir! Ah... Escute a sua voz por mais difícil que seja: "Olhe para frente... para frente!"

Prossigamos em ser guiado pelo Pai!
#oremos
Rodrigo Aquino

18/01/2012

2 comentários:

Denilson Basílio disse...

Muito bom, brother!

Camila disse...

Oi! Nem sei como vim parar aqui... Mas li este post e me ajudou muito, estou precisando me lembrar destas coisas que nas horas difícies a gente se esquece. Obrigada! Passarei sempre por aqui :) abraços.