sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Você não está sozinho – Capítulo 4




Capítulo 4: Diferença Sagrada!



Tenho pensando muito nesta frase que li no prefácio deste livro: “Não tem haver com nós, e sim Ele!” Esse capítulo me fez visualizar isso muito claramente.
                                                                   
Temos a tendência erronia de centralizarmos as coisas em nós, os holofotes sobre nós. Em um mundo onde TER é mais importante que SER a prioridade é voltar nossa atenção para nós mesmos. O mundo prega isso, mas não foi isso que Jesus nos ensinou. A criação se perde quando não observar o criador...

Eu tinha pensado em dar uma outra direção o texto até o parágrafo anterior, mas vou por uma outra rota. Motivo? Tenho dificuldade em expressar através de palavras à singularidade de Deus! É complicado para a criação explicar o Criador devido ao seu tão grande poder. Ao sentir essa dificuldade em mim, completou-se a mensagem deste capítulo acerca da diferença sagrada de Deus.

Vou pegar carona no cântico dos serafins que assistem diante do Teu trono e dizer: Santo, santo, santo!

Só tu és santo Pai, e isso faz toda a diferença!
Os holofotes estão em Ti.

Frase que marcou: “Os véus que atrapalham a sua visão e a minha não atrapalham a visão de Deus. Palavras não ditas são como se pronunciadas. Pensamentos não revelados são como se proclamados.” Max Lucado

Rodrigo Barboza de Aquino
02/09/2011

Um comentário:

Minha vida disse...

Realmente temos a mania ou sei lá como podemos explicar isso de sempre centralizar os erros em nóis. Só olhamos erros e achamos que tudo é com a gente, enfim. Achamos que somos os centro das atenções e não é bem assim.
E o mais intrigante é saber que muitos no mundo só que TER, ter posse de algo grandioso, mas SER ou aprender algo do grandioso Deus, Jesus Cristo, ninguém quer. Fazer o que?! Só temos que tentar fazer a diferença aos poucos!

Bom é isso!
Esperando o próximo poste!